sexta-feira, 21 de abril de 2017

A Primorosa Colecção de um Primoroso Colecionador

Decorria o ano de 1997 quando o Centro Cultural de Belém recebeu a exposição Low Budget - Objectos do Quotidiano. Este trabalho, com a chancela de Miguel Vieira Baptista, teve como tema central o design de produto e de embalagem, apresentando peças que, pelo seu uso corrente, não viam reconhecida a sua devida importância. Este simples, mas eficaz jogo de sentidos teve o condão de despoletar o clique que faltava a Mauro Santos para começar aquela que se viria a transformar na A Primorosa Colecção.

Esta colecção consiste num apanhado de embalagens, publicidades e objectos de marcas transformadas em ícones, ao longo do século XX e que marcaram presença assídua nas casas portuguesas nesse período. O início da busca pelas "primorosas" peças era baseado em visitas a mercearias e drogarias, locais férteis em produtos do interesse da colecção, mas, com o galopante desaparecimento dos espaços mais antigos e tradicionais a tarefa de Mauro foi ficando mais desafiante. O engenho agudizou-se e os locais de procura diversificaram-se, mas sem nunca perder de vista as lojas emblemáticas já abordadas e também as feiras para que, juntamente com o produto, se pudesse aceder às singulares histórias acopladas às peças.

Será difícil ficar indiferente ao impacto visual da colecção, o que demonstra não só a eficácia da escola do design nacional, como também não deixa dúvidas quanto ao seu valor como património imaterial, pelo menos, nesta vertente vintage. A sensibilidade de quem acompanha A Primorosa Colecção tem originado uma quantidade assinalável de doações e a colecção começa a crescer ao ponto do seu autor equacionar abrir um espaço para a acondicionar devidamente. A intenção passa também por criar um espaço onde o público possa aceder à colecção, com os mais variados objectivos, naturalmente, mas tudo está ainda numa fase embrionária e de estudo.

Esperamos, com este artigo, contribuir para que o conhecimento da colecção chegue ao maior número de pessoas possível e assim abrir o leque de oportunidades para as intenções do Primoroso Colecionador. As nossas atenções estão viradas para as peças de memorabilia referentes à cidade do Porto, mas partilhamos do mesmo entusiasmo evidenciado por Mauro relativamente a algumas marcas mais generalistas. A Toddy, a Milo, a Ovomaltine, a Cisne, a Galp, a Ach Brito, a Nestlé e tantas outras referências também povoam o nosso imaginário e é com grande deleite que, de vez em quando, visitamos a página de Facebook da colecção. 









Sem comentários:

Enviar um comentário